Assessoria

Assessoria Financeira Sorocaba Consultoria Financeira Sorocaba Organização Financeira Sorocaba



Consultoria Empresarial Sorocaba Franquia Financeira Sorocaba Redução de Custos Sorocaba



Assessoria Financeira Sorocaba Consultoria Financeira Sorocaba Organização Financeira Sorocaba



Consultoria Empresarial Sorocaba Franquia Financeira Sorocaba Redução de Custos Sorocaba



Pós-pandemia: como superar a queda no faturamento

Com união, trabalho e foco será possível reverter a queda no faturamento e manter a empresa competitiva no mercado quando a pandemia acabar


Pós-pandemia: como superar a queda no faturamento Consultoria Empresarial Sorocaba Franquia Financeira Sorocaba Redução de Custos Sorocaba

Muita gente ainda está em dúvidas sobre como será a fase de pós-pandemia. Desemprego, falências e falta de insumos fazem parte de um cenário pessimista. Porém, é preciso ter os pés no chão para mudar essa projeção sob uma nova ótica. E você, como empresário, tem um papel fundamental na retomada da normalidade

 

Isso porque o Banco Mundial está prevendo uma queda de 5% no Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todas as riquezas, aqui no Brasil em 2020. A economia, que vinha se restabelecendo depois de seguidas crises desde 2008, vai sentir os reflexos no pós-pandemia. 

 

Entretanto, com a união de esforços do setor produtivo, os problemas podem e serão superados. Nesse sentido, é hora de se informar, aumentar as relações comerciais e encontrar mecanismos para superar a provável queda no faturamento. 

 

Por isso, eu, Hygor Duarte, empresário, proprietário da Fast Assessoria Financeira e idealizador do Programa 33, selecionei algumas dicas para você, empreendedor, cruzar esse mar revolto e manter sua empresa competitiva. Acompanhe a leitura deste artigo. 

 

Mudança de hábitos: é hora de eliminar pendências 

 

Velhos hábitos, que não fazem bem para a saúde financeira do seu negócio, devem ser abortados. Isso quer dizer que misturar contas pessoais com contas da empresa, não ter controle do fluxo de caixa, gastar mais do que fatura e manter relações comerciais tóxicas são coisas do passado. 

 

Portanto, aproveite este período para reavaliar o seu posicionamento, as suas parcerias e as suas relações com o público interno e externo. Mas lembre-se de não tomar decisões precipitadas. 

 

Sendo assim, avalie o que deve ser mantido e elimine as pendências. Ou seja, muitas vezes por falta de tempo procrastinamos as decisões mais importantes. Por isso, use este período para refletir e mudar a rota, se for necessário. 

 

Ajude e peça ajuda: permita-se viver num ambiente colaborativo 

 

No cenário de pandemia e pós-pandemia, todos estão praticamente no mesmo barco. Obviamente que alguns estão em verdadeiras lanchas e outros em barquinhos, mas o fato é que todos estamos sendo afetados de alguma forma pelo novo coronavírus. 

 

Dessa forma, procure usar as redes sociais para ajudar os seus clientes a partir dos seus conhecimentos. Crie conexões ao demonstrar como seu cliente pode se reerguer na crise, passar o tempo durante a quarentena ou ter uma consultoria gratuita de alguma dor em específico. 

 

Não se esqueça, também, do valor de pedir ajuda. Converse com consultores, mentores, bem como profissionais que estão há mais tempo no mercado e já vivenciaram outras crises. Com certeza, você se surpreenderá positivamente. 

 

Portanto, se os encontros presenciais ainda não são indicados, marque calls e reuniões on-line com eventuais parceiros de negócios. 

 

Pós-pandemia: renegocie e se informe sobre adiamentos 

 

Com a provável queda no faturamento, é hora de pensar em renegociações e adiamentos de pagamentos para controlar o fluxo de caixa. 

 

Entre os adiamentos determinados pelo governo estão: 

  • contribuição patronal do INSS;
  • Cofins;
  • PIS;
  • Pasep;
  • Simples Nacional;
  • ICMS e ISS;
  • DAS (MEI);
  • Declaração do IRPF para até 30 de junho.

 

Para concluir, o cenário de pós-pandemia pode ser superado com uma visão estratégica, com a união de forças e com muita determinação. 

 

Para continuar por dentro deste e outros assuntos ligados ao mundo empresarial, acompanhe minhas redes sociais. Acesse minha página no Facebook

 

 

Hygor Duarte

CEO do Grupo Fast, empreendedor e mentor empresarial, professor de cursos preparatórios para certificações Anbima, palestrante, pai de autista e idealizador do Programa 33.



Data: 20/04/2020




Compartilhar: